Aroma floral


_DSC4709Ao longo do tempo, o homem descobriu que certas ervas pareciam ter afinidades energéticas com determinados sistemas de órgãos do corpo, atuando não só a nível fisiológico, mas também a nível energético sutil.

A Terapia Floral, nos moldes que é apresentada hoje, foi resgatada na década de 30 pelo médico homeopata inglês, Dr. Edward Bach, sendo considerada um método auxiliar de tratamento energético, que visa restabelecer o bem estar físico e emocional do ser humano.

Atualmente é utilizada em mais de 50 países, contando com inúmeros sistemas (Florais de Bach, Alasca, Austrália, Califórnia, Minas, entre outros).

As essências florais não são remédios no sentido alopático, pois não contêm moléculas das substâncias medicinais específicas extraídas de folhas moídas. Se quimicamente analisadas, observaremos apenas a presença de água e de um conservante (brandy, vinagre de maçã ou glicerina vegetal) não havendo, portanto, nenhum princípio ativo físico que explique seu potencial curativo.

Assim como os remédios homeopáticos, elas também têm uma natureza vibracional, sendo bastante diluídas sob o ponto de vista físico, mas altamente potencializadas quando se trata de energia sutil existente, incorporando o padrão energético de cada flor.

Cerejeira


Hoje, o povo japonês continua a tradição do hanami, reunindo-se um grande número aonde quer que as árvores florescendo estejam. Milhares de pessoas enchem os parques para organizar banquetes sob as árvores florescendo, e às vezes essas festas continuam até tarde da noite. Em mais da metade do Japão, o período de florescimento da cerejeira coincide com o começo do ano letivo e do ano fiscal, e portanto festas de boas-vindas muitas vezes ocorrem com o hanami. O povo japonês continua a tradição do hanami ao tomar parte nos passeios processionais no parque. Esta é uma forma refúgio para contemplar e renovar seus espíritos.

O provérbio bolinhos ao invés de flores (花より団子hana yori dango?) aponta as prioridades reais da maioria dos observadores do hanami, significando que as pessoas estão mais interessadas na comida e bebidas que acompanham a festa do hanami do que observando de verdade as próprias flores.78

Os corpos mortos são queimados sob as árvores de cerejeira! é um ditado popular sobre o hanami, após a sentença de abertura da pequena história de 1925, “Sob as Árvores de Cerejeira”, de Motojirō Kajii._DSC4789

Verticalizacão da vida


Já em cidades como  São Paulo e Rio de Janeiro, no Brasil, a verticalização retardadamente não ocorre acentuadamente em toda sua estrutura urbana, e sim em pontos característicos (no entorno de avenidasdistritos ou determinados bairros), como a região centro-sul de São Paulo, região onde se concentra os principais centros financeiros da cidade, ou o Rio de Janeiro, que apresenta verticalização no centro financeiro e nas fileiras de prédios à beira-mar.

Em capitais do Nordeste brasileiro tais como RecifeFortaleza e Salvador, a verticalização também segue um padrão litorâneo tal como no caso de Boa Viagem, porém em Fortaleza a verticalização já adentra fora da zona da costa numa densidade notável, pois como a altura média de seus edifícios é um pouco menor que a verificada em Recife por exemplo, a quantidade dos mesmos acaba sendo maior para suprir a demanda imobiliária. No entanto, a Zona Norte do Recife em áreas tais como o Casa ForteJaqueiraTorreDerby e Monteiro apresentam uma verticalização bastante acentuada e relativamente densa, só que seguindo um padrão divergente leste-oeste ao da Zona Sul da cidade, que margeia a costa no sentido Norte-Sul. Além da grande arborização da zona norte recifense, nesses bairros é comum que os novos prédios preservem os casarões antigos que já existiam no terreno.

_DSC4495